31 outubro 2005

TECNOSFERA

How to Fight Those Surging Splogs: "Splogs," or spam blogs, are the latest way for spammers to manipulate the blogosphere for profit. The phenomenon hit an all-time high recently, when Google's blog-hosting service, Blogger, was inundated with more than 13,000 fake blogs spawned by a script (all have since been taken down).

27 outubro 2005

VITAMEDIAS

Bill Gates: "In 5 years, 40 to 50% of people will read their news online" [...] To conserve their readership, newspapers must develop their electronic approach.
Le Figaro: Do you still read the newspaper?
Gates: More than half of what I consume, I read on the Internet: The Wall Street Journal, the New York Times and the Economist.
Papers not a must read: A generation of young adults turns to the Internet as its primary news source
[T]he industry's circulation woes keep getting worse, with the number of copies sold on an average day falling by 1.35 million during the five years ending in 2004, according to the Newspaper Association of America.
Meanwhile, ad revenue is stagnant, and newsprint costs are rising. Not surprisingly, the industry has been chockfull of news itself lately, particularly in the form of layoffs.

VITAMEDIAS

Stop The Presses: Newspapers Can't Even Give It Away: freebies introduced in New York, Chicago, Boston and Dallas, have had a negligible impact on overall newspaper circulation in those markets. And while they are attracting some hard-to-reach readers, including younger and minority, these are small gains that have had more to do with distribution strategies--such as giving papers away free in mass transit areas--than with the availability of alternative, free papers. The main effect has been that heavy newspaper readers simply read more, picking up the freebies in addition to their regular paid dailies. "Free dailies do not cannibalize paid readership. To the contrary, readers read more"

25 outubro 2005

VITAMEDIAS

RTFM:
Sobre A paternidade das declarações colectivas, João Paulo Meneses considera que "todas as citações devem ser creditadas" e que "quando forem citações colectivas, deve citar-se do sítio de onde se copiou (mesmo que isso introduza alguma injustiça relativa com os outros que também lá estiveram - é o mal menor)".
Concordo em absoluto com a primeira, quando são citações isoladas, menos com a segunda porque não há injustiça em citar um grupo de textos em que todos dizem o mesmo. O "mal menor" é assumir que se copiou de um sítio e não se deu o mesmo destaque aos outros - basta ler as colunas de citações dos jornais para perceber a perversidade deste sistema. Citam-se os amigos ou os que dão mais informação?
Por outro lado, para os que falam de reino do plágio, leia-se o Código do Direito de Autor, na parte sobre a "Exclusão de protecção" (artº 7):
1- Não constituem objecto de protecção:
a) As notícias do dia e os relatos de acontecimentos diversos com carácter de simples informações de qualquer modo divulgadas

Ou seja, quando este artigo foi aprovado em lei, quem se queixou? Percebem que é à conta do mesmo que as empresas de recortes ou colegas menos sérios não podem ser penalizados por (ab)usarem do trabalho dos jornalistas? E a lei não é de ontem, só aparentemente a descoberta dos seus reais impactos...

(Nota: sou contra os "trabalhos" dos telejornais da hora de almoço e de algumas notícias rádiofónicas feitas a partir da imprensa matutina, quando nada é acrescentado de novo. O mesmo, claro, é válido para a imprensa que copia. Mas é tudo legal.)

ECOPOL

Descubra as diferenças:
Este blogue político desconhece que a utilização do personagem Super Mario, a mascote há 20 anos da Nintendo é punível por lei? Mesmo com a alteração da face do boneco?...

A empresa Addition - Servicos e Projectos Informaticos Lda, que alberga a imagem (procurem nas propriedades da mesma...), desconhece isto e faz "consultoria e análise de sistemas de informação, criação de sítios de Internet, desenvolvimento de software e manutenção de sistemas informáticos"?

20 outubro 2005

ECOPOL

distribuição de indemnizações compensatórias a diversas empresas do sector público e privado [cujo valor total ] ascende a 378.852.862,00 euros:
TNDM - Teatro Nacional de D. Maria II, S.A.
Lusa - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
Rádio e Televisão de Portugal (SGPS), S.A.
Carris - Companhia Carris de Ferro de Lisboa, S.A.
Metro do Porto, S.A.
ML - Metropolitano de Lisboa, E.P.E.
STCP - Sociedade de Transportes Colectivos do Porto, S.A.
Transtejo - Transportes Tejo, S.A.
Soflusa - Sociedade Fluvial de Transportes, S.A.
Brisa - Auto-Estradas de Portugal, S.A.
Rodoviária de Lisboa, S.A.
T.S.T. - Transportes Sul do Tejo, S.A.
Scotturb - Transportes Urbanos, Lda
Vimeca Transportes - Viação Mecânica de Carnaxide, Ld.ª
CP - Caminhos de Ferro Portugueses, E.P.E.
Refer - Rede Ferroviária Nacional, E.P.E.
Fertagus - Travessia do Tejo, Transportes, S.A.
Sata Internacional - Serviços e Transportes Aéreos, S.A.
TAP - Transportes Aéreos Portugueses, S.A.
ATA - Aerocondor Transportes Aéreos, S.A.
Air Luxor, S.A.
Portugal Telecom (SGPS), S.A.

ECOPOL

O Confessions of a Dangerous Mind descobriu que:
Esta era da Internet é curiosa. Antes da apresentação oficial (que se diz ser hoje à noite) da candidatura de Cavaco Silva, já o domínio cavacosilva.pt está registado.
Para que não restem dúvidas:
~$ whois cavacosilva.pt
Entidade Requerente / Domain Holder
Prof. Dr. Aníbal António Cavaco Silva
Travessa do Possolo, nº 13, 1º
Lisboa
1350-252 Lisboa
Email: psd@psd.pt

Não restam dúvidas de que o requerente é o "Prof. Dr. Aníbal António Cavaco Silva" (verifique aqui) e o Público confirma o registo ("Registado endereço www.cavacosilva.pt") mas não pude verificar os outros dados sobre o PSD.

O curioso é que quem pode fazer este tipo de registo são "pessoas colectivas, empresários em nome individual, profissionais liberais, entidades públicas com autonomia administrativa e quaisquer pessoas/entidades, desde que titulares de pedido/registo de marca." Cavaco Silva é uma marca?

Não, segundo as regras citadas pelo Público, também disponíveis aqui.

Confuso? O registo de DNS em .pt tem duas regras incompatíveis?

E podem este cavacosilva.com (uma Soc. de Mediação Imobiliaria Unipessoal) reclamar o endereço ou os .org e .net, pertencentes à Sogalvi - Construções e Obras Públicas?

VITAMEDIAS

TOP 40 MAGAZINE COVERS OF THE PAST 40 YEARS:

1. Rolling Stone, Jan. 22, 1981

2. Vanity Fair, August 1991

3. Esquire, April 1968

4. The New Yorker, March 29, 1976

5. Esquire, May 1969

VITAMEDIAS

Bloggers unite for aggregation site to strike a blow at established media and pick up some ad dollars in the process.
Making Bucks on Blogs: Blogs will play an important role in the future of advertising, entrepreneurs said Tuesday, but for now the bulk of ad dollars from these web journals still appears to be flowing to search engine Google.

CULTURAS IN VITRO

Google Opens 8 Sites in Europe, Widening Its Book Search Effort: The Google Print sites - for France, Italy, Germany, the Netherlands, Austria, Switzerland, Belgium and Spain - enable users to search books provided by publishers in each country as well as English-language books in the Google library for which the company has secured local rights.
[A empresa que há poucas semanas colocou um anúncio de oferta de emprego no Expresso não entra em Portugal? Tss, tss...]

TECNOSFERA

Wikipedia founder admits to serious quality problems: One day Wikipedia may well be the most amazing reference work the world has ever seen, lauded for its quality. But to get from here to there it will need real experts and top quality writing - it won't get there by hoping that its whizzy technical processes remedy such deficiencies. In other words, it will resemble today's traditional encyclopedias far more than it does today.

ECOPOL

Corruption Perceptions Index 2005: Portugal em 26º com 6.5 (CPI Score relates to perceptions of the degree of corruption as seen by business people and country analysts and ranges between 10 (highly clean) and 0 (highly corrupt))

TECNOSFERA

How Much is Your Blog Worth? (little applet which computes and displays your blog?s worth using the same link to dollar ratio as the AOL-Weblogs Inc deal.)

CONTAMINANTES

Os meus genes são meus, não eram?
One-Fifth of Human Genes Have Been Patented in the United States, primarily by private firms and universities. [...]
"It might come as a surprise to many people that in the U.S. patent system human DNA is treated like other natural chemical products," said Fiona Murray, a business and science professor at the Massachusetts Institute of Technology in Cambridge, and a co-author of the study. [...]
The new study reveals that more than 4,000 genes, or 20 percent of the almost 24,000 human genes, have been claimed in U.S. patents.
Of the patented genes, about 63 percent are assigned to private firms and 28 percent are assigned to universities. [...]
"While this does not quite boil down to [the patent holders] owning our genes ? these rights exclude us from using our genes for those purposes that are covered in the patent"

CONTAMINANTES

Desejo ou verdade?
A maior parte da ciência está oculta: Seria uma boa ideia ensinar aos futuros cientistas como comunicar ciência. Mas o melhor seria fazê-lo com mini-cursos ad-hoc, opcionais e sem compromissos, nunca integrados nos curricula. Independentemente da forma, a questão é: quem paga? Os estudantes? A universidade? Os media? Depois, só uma fracção dos licenciados seguem efectivamente uma carreira científica. Destes, poucos se vêm a encontrar efectivamente à conversa com jornalistas. Parece-me que o jornalista que escreve sobre ciência tem antes de mais de contar com uma agenda de contactos bem recheada, de maneira a poder contactar a pessoa certa quando precisa. Em (quase ?) todas as áreas existem bons divulgadores de ciência.
Isto não quer dizer que os cientistas não se preocupem em divulgar a sua ciência. Na realidade, hoje há uma verdadeira obsessão, ao nível das instituições, com a divulgação científica, e nunca houve tanta como agora. A ideia é despertar vocações. Et pourtant, as vocações continuam a cair...

17 outubro 2005

TECNOSFERA

O European Civil Liberties Network será lançado a 19 de Outubro "to provide a platform for groups working on civil liberties issues accross Europe"

ECOPOL

O Orçamento do Estado 2006 já está disponível.

TECNOSFERA

State of the Blogosphere, October 2005 Part 1: On Blogosphere Growth: Technorati is now tracking 19.6 Million weblogs, and the total number of weblogs tracked continues to double about every 5 months. This trend has been consistent for at least the last 36 months. In other words, the blogosphere has doubled at least 5 times in the last 3 years. Another way of looking at it is that the blogosphere is now over 30 times as big as it was 3 years ago [...]
To summarize:

* As of October 2005, Technorati is now tracking 19.6 Million weblogs
* The total number of weblogs tracked continues to double about every 5 months
* The blogosphere is now over 30 times as big as it was 3 years ago, with no signs of letup in growth
* About 70,000 new weblogs are created every day
* About a new weblog is created each second
* 2% - 8% of new weblogs per day are fake or spam weblogs
* Between 700,000 and 1.3 Million posts are made each day
* About 33,000 posts are created per hour, or 9.2 posts per second
* An additional 5.8% of posts (or about 50,000 posts/day) seen each day are from spam or fake blogs, on average

ZITE

Estantes & Leituras: blogue voyeur sobre estantes [e] já agora para falar também de livros e leituras e preferências... (via IC)

14 outubro 2005

VITAMEDIAS

Governo defende reforço do sigilo profissional dos jornalistas: O Governo defende, numa segunda proposta de alteração ao Estatuto do Jornalista hoje divulgada para consulta pública, que a revelação de fontes só possa ser ordenada se estiverem em causa vidas humanas ou a segurança do Estado.
[De resto, segundo o Artigo 11.º [.] 1 - Os jornalistas não são obrigados a revelar as suas fontes de informação, não podendo ser responsabilizados pelo seu silêncio.]

TECNOSFERA

spinners and bloggers: political communications in the digital age (October 20, 2005)
Others have claimed that the blogosphere has merely enhanced the influence of traditional interest groups, giving ideologues of the left and the right even more power to ?spin? the world as they wish to see it. How can we understand the interplay between spin and blogs? How do each shape, some would say manipulate public opinion? How are each subject to abuse? Is the culture of spin and blogging contributing to the polarization of American political discourse?

13 outubro 2005

TECNOSFERA

Começa amanhã o
II ENCONTRO DE WEBLOGS que debate influência dos weblogs na sociedade.

VITAMEDIAS

Mais uns:
Cinq journalistes mis en examen ? trois du «Point» et deux de «l'Equipe» ? ont été mis en examen mercredi et jeudi pour «recel de violation du secret de l'instruction». [...]
La justice veut savoir comment des écoutes téléphoniques ordonnées dans l'enquête sur l'affaire Cofidis ? dopage dans le Tour de France 2003 ? se sont retrouvées dans «le Point» et «l'Equipe».

TECNOSFERA

Sobre o voto electrónico discutido no ABRUPTO, apenas duas notas:
- a Estónia não é o primeiro país a votar pela Internet a uma escala nacional. O Brasil ou os Estados Unidos já o fizeram, se bem me lembro;
- sobre a fiabilidade dos sistemas, nearly all electronic voting machines in use today remain black boxes without external methods of verifying that the results have not been altered or sabotaged. [...]
In principle, there should be an easy solution: Require that e-voting machines include what's known as a voter-verifiable paper trail. That would permit a voter to review a physical printout with his or her selections--perhaps under glass so the receipt can't be removed--which would also provide a way to perform a manual recount, if necessary.
[mais info recente em "Threats to Voting Systems"]

VITAMEDIAS

10 media trends to watch:
Portability of video content
Blogs
The rise of celebrity weeklies
Media transparency
The growth of Hispanic media
Business woes for newspapers
Digitalization of print media
Media consolidation
Source agnostic/disintermediation
Refining media measurement

ECOPOL

Pergunta da semana: (em actualização) Algum blogger foi eleito autarca? [Resposta: sim]

VITAMEDIAS

Ainda sobre as micro-causas, a ler os vários textos do BLOGUITICA, claro.
Sem querer ser chato nesta matéria, ele e outros blogues referem que José Manuel Fernandes falou em deixar terminar a campanha das autárquicas para então o jornal se pronunciar.
Eu não ouvi só isso: ele disse que também estavam à espera do início do julgamento, como escreve o JeC. E que, até agora, tinham confiança nas fontes que lhes deram essa e outras informações sobre Fátima Felgueiras que, nomeadamente, desmentem com documentos o que ela escreveu naquele diário.
Isto está a ficar pró confuso ou é só impressão minha?

11 outubro 2005

VITAMEDIAS

José António Saraiva sai do «Expresso» [para] assumir um novo cargo de coordenação editorial no grupo Impresa. [...]
Henrique Monteiro é uma forte hipótese para o substituir.

VITAMEDIAS

E não estão preocupados?
Average age of newspaper readers: 55: Newspaper profits and the stock prices of the companies that own them were also down during the first half of 2005. The biggest newspapers are cutting staffs, closing foreign bureaus and taking other steps to meet their owners' profit goals.
Most of these dire trends are nothing new. Deep thinkers have prophesied for years that newspapers are on a glide path to irrelevance or extinction.
Since the advent of the Internet, a common version of the doom forecasts has the ink-on-paper news being supplanted by something not-quite-yet-describable on the Web. [...]
In fact, the long, slow decline of newspaper readership has coincided with a long, steady climb in their profitability. [...]
One reason for the shrinking newspaper audience is competition from such media as TV, radio and the Internet.

VITAMEDIAS

Ainda sobre a tal micro-causa, a ler:

Micro-Questão ao PÚBLICO: Os genuínos pais da criança: A Micro-Questão, do Bloguítica, afinal tem outros pais, são eles: João Pedro e Castro, do Blogoexisto e Manuel Ferrer, do Homem ao Mar.

A GRITAR SOZINHO NO DESERTO: Aqui vão duas perguntas aos "promotores" e "abaixo-assinados" da micro-causa: como será possível defender a liberdade de expressão e de imprensa sem garantir o direito ao anonimato das fontes? Que ganham com a gritaria pública do assunto os promotores da campanha?

Micro Causas ou Linchamento Fácil: Chega a ser divertida a forma como os blogueiros se tomam a si próprios como os últimos detentores da verdade e da consciência cívica de um país. [...]
Por isso não alinho em grupos nem em carneiradas, mesmo que sejam organizadas por bloggers esclarecidos e muito visitados que oferecem links a quem os apoiar, numa espécie de oferta manipuladora de chouriços em campanha eleitoral.

A Blogos é diferente da política da Branca de Neve: A quem quer Paulo Gorjão, que já ensaiou outros esquemas populistas, como por exemplo publicar listas de familiares na política (já passaram há muito os 8 dias prometidos e ainda não vimos nada, ou será que a chamada à atenção para o populismo lançada pelo seu Guru o travou?) manipular?

Signal to noise ratio na blogosfera: Entramos claramente numa fase em que convém distinguir claramente o sinal do ruído numa comunicação.
Consideremos aqui o sinal como a informação relevante e com capacidade de nos levar a decisões ou formas de actuar, e o ruído como a informação irrelevante, incompleta, ou mesmo falsa.
Em toda esta questão que gira á volta do Jornal Público, onde está o sinal e o ruído?

07 outubro 2005

ZITE

Leitura para o fim-de-semana: The Basic Laws of Human Stupidity

TECNOSFERA

Mais de metade dos internautas visitam blogs: Foram 899 mil os portugueses de 4 e mais anos que visitaram sites de blogs quando navegaram na internet em suas casa entre Janeiro e Setembro de 2005.
Neste período, visitaram 81,5 milhões de páginas de blogs, tendo-lhes dedicado perto de 1,2 milhões de horas. Cada utilizador navegou em blogs por 1 hora e 19 minutos, tendo acedido a cada página por 53 segundos. [...]
[A] liderança em utilizadores únicos pertence ao www.photoblog.be, com 282 mil utilizadores únicos, 17.3% dos internautas do período. O morangomanias.blogs.sapo.pt ocupa a segunda posição, com 96 mil utilizadores únicos e o afixe.weblog.com.pt foi o terceiro mais acedido, por 77 mil utilizadores únicos.

Young blog their way to a publishing revolution
· Poll shows a third of 14- to 21-year-olds now have their own online content
· Fast-changing world of the internet poses challenge to old media

VITAMEDIAS

Japan newspaper wins damages for online use of headlines without permission, in a first-of-a-kind ruling in the country.

TECNOSFERA

October 2005 Web Server Survey: In the October 2005 survey we received responses from 74,409,971 sites, an increase of 2.68 million sites from the September survey. The large gain makes 2005 the strongest year ever for Internet growth, as the web has added 17.5 million sites, easily surpassing the previous annual mark of 16 million during the height of the dot-com boom in 2000.

VITAMEDIAS

Micro-causa? Porque não macro?
O BLOGUITICA lançou um "desafio" para serem divulgadas as fontes de uma notícia do Público que lançava "suspeitas para o ar" não sustentadas "responsavelmente".
O "desafio" tornou-se uma "micro-causa" diária, apoiada por mais de 50 blogues, incluindo alguns que acompanham normalmente o jornalismo.
Entre outros, o Atrium considera que "está, neste momento, prestes a tornar-se no primeiro caso nacional de pressão organizada dos blogs sobre um meio de comunicação específico a propósito de um tema em particular"; o Blogouve-se que "o silêncio absoluto do jornal é uma falta de respeito para com os seus leitores", enquanto o Jornalismo e Comunicação (JeC) escreve que "o que está em jogo não é apenas obter resposta àquelas perguntas, mas perguntar ao Público, aos jornalistas em geral e a todos nós, cidadãos, se é aceitável - e em que situações ou condições - trazer a lume matérias não suportadas em factos, ainda que verosímeis e eventualmente verdadeiras".

Longe de qualquer "reacção corporativa", estou próximo da posição do JeC e proponho que se alargue esta micro-causa a uma simples e talvez mais produtiva macro-causa: qualquer notícia publicada ou emitida com recurso a fontes anónimas, que lance suspeitas não fundamentadas em factos ou opiniões não sustentadas, que seja - em síntese - "uma história mal contada", avance-se para a sua contestação e para campanhas similares, que seja uma causa regular nos blogues agora e no futuro aderentes.
Temos direito às fontes, em tempo de seca intelectual (as excepções são mínimas), para não optar por deixar de ler ou ouvir ou ver os medias que usam fontes não identificadas. E lance-se desde já uma campanha de sensibilização com "slogans" como:
"Eu só consumo informação com identificação"
"As fontes anónimas são a seca do jornalismo"
"O anonimato prejudica gravemente o jornalismo e os que a consomem"
"O anonimato diminui a democracia e provoca distúrbios sociais"
"Informação sem fonte identificada é como jornal sem notícias"
"Um anónimo tem razões que o público desconhece"
E venham daí mais contribuições para a macro-causa!

ECOPOL

A MELHOR MANEIRA DE FAZER PASSAR MEDIDAS INTRUSIVAS DA NOSSA PRIVACIDADE, com o aplauso de toda a esquerda tradicional e radical, que ai aceita tudo, toda a espionagem da vida privada: é associar essas medidas ao fisco, com o pretexto do combate à fraude fiscal. Aí aceita-se tudo. Um governo que queira tomar algumas medidas de vigilância sobre os seus cidadãos, por boas ou más razões, tem aí a receita milagrosa - apresenta-as como medidas de combate à fraude fiscal. Serão aplaudidas. Ninguém terá a coragem de gritar pelos seus direitos ofendidos, sem ser linchado como um enganador do fisco.

Nem mais mas não só: a associação ao terrorismo desde o 11 de Setembro também vai funcionando nos nossos dias.

03 outubro 2005

ECOPOL

Uma visita, duas visões:
Sócrates de visita à Líbia, numa visita que se destina a abrir caminho ao nível diplomático para a entrada de empresas portuguesas no território. [...]
[O] titular da pasta da Economia estudará a possibilidade de a Líbia entrar a prazo na lista de fornecedores nacionais de gás e petróleo.

Libya awards oil permits to Asian, European companies: A total of 51 firms took part in bidding for rights to hunt for oil in Libya, which has Africa's largest oil reserves.
Libya's national oil company awarded the permits to companies that paid a total of 103 million dollars to explore and exploit the fields alongside the national company.

02 outubro 2005

TECNOSFERA

Mais um: "O fim DESTE blogue", quando eu próprio não me ando a sentir muito bem...