31 agosto 2012

Quem se mete com Miguel Relvas, demite-se...

É um erro a Comissão de Trabalhadores da RTP pedir a demissão de Miguel Relvas. Sempre que isso aconteceu ou que alguém afrontou o ministro, o resultado foi o seguinte:
1) Rosa Mendes diz que foi despedido duas vezes em cinco meses por Miguel Relvas;
2) Governo confirma demissão de adjunto de Relvas;
3) Maria José Oliveira, jornalista do Público, demite-se;
4) Professor que deu 90% do curso a Miguel Relvas pediu demissão;
5) Administração da RTP demitiu-se e Relvas aceitou.
Percebem porque o PS não quer a demissão de Relvas - e não é por Seguro ser amigo do mesmo, é que até ele pode acabar demitido...

2 comentários:

  1. Anónimo1/9/12

    eu acho que falta aí a direcção da Lusa. foi a primeira ninguém reparou?

    ResponderEliminar
  2. Nesse caso, foi "acordo de rescisão amigável" (http://economico.sapo.pt/noticias/luis-miguel-viana-e-domingos-andrade-saem-da-lusa_122492.html), sem desentendimentos públicos com Relvas, que estava há um mês no Governo. Mas dadas as preferências de Viana por Sócrates (http://meiosdeproducao.blogspot.pt/2012/03/tu-estas-maluca-rapariga-sobre-clausula.html), se não saísse, teria sido convidado a sair...

    ResponderEliminar