05 outubro 2012

Da desilusão

António Borges pode chamar o que quiser aos empresários - é a sua opinião pessoal.

António Borges pode também opinar que se Portugal fosse Singapura, com uma "ditadura iluminada", podíamos estar melhor.

António Borges até pode ser contratado pelo Estado através da também sua empresa ABDL.

António Borges pode mesmo criticar as ajudas do Estado às empresas, quando a ABDL recebeu uns míseros 1.734,06 euros de subsídios pagos pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional em 2008, no âmbito das Políticas de Emprego e Formação Profissional.

O que realmente preocupa é António Borges ter avançado para os serviços médicos e veterinários e assistência veterinária em Alter do Chão, com a Vetcrato. Estava António Borges já desiludido com a raça humana - e os portugueses em particular? Ou, depois de tratar dos humanos, vai dedicar-se aos animais? Coitados...

Sem comentários:

Enviar um comentário