14 fevereiro 2016

A Work4u foi apenas mau feng shui?

A Work4u, uma empresa de "gestão de carreiras", anunciou uma experiência gratuita de estagiários para empresas - assim como levá-los para os barcos negreiros, explicando que iam até ao outro lado do Atlântico, passear.

A 5 de Fevereiro, o deputado do PCP, António Filipe, amplificou o que escreveu a Ganhem Vergonha.

A 8 de Fevereiro, o Público divulgou o mesmo assunto.

Três dias depois, na Visão, Ricardo Araújo Pereira pegou no tema e, a 13 deste mês, o Diário de Notícias apontou-o como obreiro da denúncia.

O que falta nisto tudo? Saber quem é a mente da coisa que, aparentemente, dá pelo nome de Jorge Santos.

A Work4u já explicou no seu site que a oportunidade de negócio surgiu por observar "que o estado português promove ativamente oportunidades de estágio como forma de alguém recém-formado ganhar experiência e, através deste estágio, aumentar as possibilidades de vir a ser contratado pela empresa, como trabalhador, após a conclusão do estágio".

A Work4u lamentou igualmente "à empresa que nos cedeu as suas instalações para desenvolvermos este projeto, e que nenhuma responsabilidade tem no nosso negócio, lamentamos qualquer impacto negativo na sua marca vindo desta situação".

A tal empresa é a Ibérica, que já fez saber em comunicado que apenas permitiu a partilha de instalações com a Work4u, sendo entidades distintas, com direcções autónomas e projectos independentes.

Curiosamente, em Julho de 2015, a Ibérica passou a ser a "nova página" no Facebook da Escola Dragão Dourado.


Mas o que é a Dragão Dourado? É apenas um endereço de email @dragaodourado.net da pessoa que registou o domínio work4u.org, sendo os registos feitos em nome da APMTDD?

Esta organização não apenas registou o ibericainstituto.com mas também (e isso não significa que seja o detentor das entidades registadas):
portal-escolar.com
ptcursos.com
pt-escolas.com
estudarevencer.com
cursoswhyschool.com
bancaescolar.com
acessoensinoprofissional.com

E há ainda a empregoperfeito.com.

Em comum, todas envolvem Jorge Santos e a APMTDD.

Esta é a Associação Portuguesa de Medicina Tradicional Dragão Dourado - com a qual a Escola Dragão Dourado (EDD) se "fundiu"- quando foi fundada em Maio de 2014, ficando "mais forte" em áreas das terapêuticas não convencionais. A anterior EDD existia desde Setembro de 2010, com cursos de Feng Shui "dados no Centro Cultural de Belém", em Lisboa.

Uma outra Escola de Terapias Dragão Dourado emergiu no ano passado, estando em processo de acreditação pela Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho.

Já o Grupo APMTDD teve apetência pelos estágios profissionais para a saúde natural, bastando "ter formação ou interesse por uma das seguintes áreas: administração e secretariado, atendimento, área comercial, design, programação, marketing, gestão" mas também para a "edição de livros em qualquer área".

Por fim, quem é Jorge Santos? Foi "consultor de Feng Shui" desde 2009 e fundador da EDD. E quem não dá a cara nesta história.

Sem comentários:

Enviar um comentário