23 novembro 2004

CULTURAS IN VITRO

Computers as Authors? Literary Luddites Unite! computers might get along just fine without writers.
This is not science fiction. With little fanfare and (so far) no appearances at Barnes & Noble, computers have started writing without us scribes. They are perfectly capable of nonfiction prose, and while the reputation of Henry James is not yet threatened, computers can even generate brief outbursts of fiction that are probably superior to what many humans could turn out - even those not in master of fine arts programs.
APRENDENDO COM BRUTUS 1 SOBRE A VAIDADE HUMANA: Este texto não foi escrito por um humano, mas sim por uma máquina, um computador do projecto Brutus 1. O tema foi a "traição". Os seus autores consideram que "AI is moving us toward a real-life version of the movie Blade Runner, in which, behaviorally speaking, humans and androids are pretty much indistinguishable."
O livro está morto, viva o livro! E assim chegamos ao livro. A primeira pergunta, por muito desnecessária que pareça, só pode ser uma: o que é um livro? Talvez o livro seja afinal menos, ou mais, do que habitualmente consideramos ser.

Sem comentários:

Enviar um comentário