18 maio 2004

CONTAMINANTES

Como bom exemplo da separação entre o Estado e a(s) Igreja(s), a Assinatura da Nova Concordata contou com uma "comitiva" de 50 portugueses.
A nova Concordata, que substitui a de 1940 e que é para regular mais tarde, tem uma nota sobre "Bens patrimoniais" para "nos planos de ordenamento do território municipal se preverem espaços para edificação de locais de culto".
Porquê?

Sem comentários:

Publicar um comentário